Dica: 3 riscos para seus dados pessoais quando está no hotel

“Então você reserva um pacote bacana para passar as férias, em uma viagem sem stress e apenas para relaxar. Agora você está no hotel onde vai passar suas noites da viagem. Mas você está seguro?”

Não apenas fisicamente, mas também digitalmente. Hoje em dia muitas pessoas ficam conectadas com a Internet ou utilizam aparelhos eletrônicos.
Com o passar dos anos, muitos viajantes são vítimas de brechas de dados e invasão de privacidade, tudo por simples (mas custosos) erros de hotéis.

Deixo aqui algumas coisas para você ter em mente em hotéis e evitar os pesadelos mencionados acima.

1. Detalhes de pagamentos podem ser roubados

Infelizmente hotéis não estão imunes a roubo de dados de cartão de crédito, credenciais de acesso, detalhes pessoais, entre outros. Hóteis de grandes redes já foram vítimas de problemas como os citados acima, dentre eles estão Hilton, Marriott, Sheraton e Hyatt.

Como hóspede, não há muito o que se fazer sobre isso. Cada hotel é responsável pela sua própria segurança, entretanto existem algumas precauções que você pode fazer para diminuir seus riscos contra a fraude.

Primeiro, sempre use cartões de crédito como forma de pagamento, pois eles oferecem maior proteção em relação aos cartões de débito. Segundo, familiazire-se com os sinais de alerta do roubo de identidade. Dessa forma se algo der errado, você pode corrigir o problema, mais cedo ou mais tarde.

2. Nunca confie em redes públicas de Wi-Fi (leve essa dica para qualquer local onde tenha esse tipo de      rede)

Conexões Wi-Fi de hotéis são um viveiro para problemas de segurança. Muitas pessoas agora entendem que redes Wi-Fi publicas são problemáticas por várias razões, mas tendem a esquecer que Wi-Fi de hotel é público e deve ser tratada como tal.

Então, na próxima vez que você estiver em um hotel e estiver pensando em verificar sua conta do banco ou acessar algo que você não quer correr o risco de vazar, você precisa reconsiderar. É impossível saber quem pode ter espionado sua conexão e “farejado” seus dados.

Felizmente existem formas para estar seguro em redes públicas de Wi-Fi, porém requer um pouco de diligência de sua parte. Você deve aprender tudo sobre equívocos comuns sobre redes wireless e então você nunca será pego de surpresa.

   3. Portas e cofres de hotéis podem ser arrombados

Em um hotel, o seu computador não é a única coisa em risco. Se o hotel disponibiliza um cofre em seu quarto, não seja tão rápido para despejar tudo lá dentro e esperar que permanecem intocados.

Sua chance de ser roubado pode ser baixa, mas definitivamente não é zero. Existem vídeos na internet que demonstram como arrombar diferentes tipos de cofres de hotéis e uma vez que você ve como o processo é trivial, você vai adivinhar o quão eficaz as coisas realmente são.

E porque esses vídeos estão disponíveis na internet, assume-se que qualquer pessoa (até mesmo funcionários do hotel) sabem como fazer isso. Muitos hotéis ainda possuem esses tipos de cofres, pois trocá-los teria muitos custos.

É claro que para alguém arrombar o cofre, primeiro precisa entrar no quarto. Infelizmente arrombar a porta também não é díficil em alguns casos. Uma questão importante a ser feita é: quantas vulnerabilidades um tipo de porta eletrônica possui?

Meu objetivo não é deixá-los paranóicos. Milhões de pessoas se hospedam em hotéis pelo mundo todo e não têm esse tipo de problema com suas estadias (muitos inclusive bem simples e com pouca estrutura). Entretando os riscos mencionados acima existem e qualquer um pode ser uma das vítimas.
Fonte: MakeUseOf